Valores essenciais 1

download Valores essenciais 1

of 16

  • date post

    23-Jul-2016
  • Category

    Documents

  • view

    213
  • download

    1

Embed Size (px)

description

Esta é a primeira parte de uma serie de três roteiros. Nela, aprenderemos sobre a importância de cultivarmos a ousadia, a fé, a esperança e a adoração como valores de vida. Incentive a participação de todos e ao final de cada encontro enfatize a importância do cristão ter valores definidos e fundamentados na Palavra de Deus!

Transcript of Valores essenciais 1

  • Valores essenciaisParte 1

    Ousadia | F | Esperana | Adorao

    F forado templo

  • Valores essenciaisParte 1

    Ousadia | F | Esperana | Adorao

    F forado templo

  • 4 Igreja Presbiteriana Independente de Araraquara | ipiararaquara.org.br

    O encontro do Pequeno GrupoAcolhidATempo: 15 minutos. Momento informal para acolher e criar o ambiente propcio para o louvor e edificao. No se disperse, o foco so as pessoas. Importe-se com elas.

    AdorAoTempo: 15 minutos. Momento de chamar todos para, juntos, louvarmos ao Senhor. Ore no incio, assim, voc j atrai a ateno de todos. Providencie um material impresso, com letras, para que todos possam cantar. Escolha previamente os cnticos do encontro, mas no deixe de aceitar sugestes.

    EdificAoTempo: 20 minutos. Agora hora de Deus falar ao nosso corao. Mantenha o foco nas pessoas. Lembre-se, o roteiro um guia para conduzir as pessoas a se abrirem e falarem de suas necessidades. Incentive a participao das pessoas. Procure usar uma Bblia de linguagem acessvel (Nova Traduo na Linguagem de Hoje, Nova Verso Internacional e Bblia A Mensagem so bons exemplos)

    compArtilhArTempo: 10 minutos. Momento de contar as bnos da semana e tambm de orar por questes especficas. Estimule as pessoas a falarem, enfatize a importncia do compromisso que cada um tem com o outro e de que, no grupo, h um ambiente seguro de compartilha e apoio mtuo.

    AvAliAoTempo: 15 minutos. Este momento exclusivo nos roteiros de treinamento de lderes. O objetivo no criticar, mas sim edificar. Por isso, encontre um tom amigvel para avaliar o Lder do dia. Alguns pontos a serem observa-dos: postura, pontualidade, conduo geral, preparo antecipado, domnio do assunto abordado, conduo das participaes dos demais.

  • F fora do templo | Valores Essenciais 5

    IntroduoFalar de valores, em nossos dias, falar de dinheiro. Muitos sofrem, e mui-to, por causa do dinheiro. Tudo porque acreditam ser o dinheiro a razo de ser de suas vidas. No sabem que os maiores e melhores valores que podemos ter, no se pode comprar. Mas podemos cultivar.

    Vigie sempre os seus pensamentos: deles depende a sua vida!Provrbios 4.23 Traduo Contempornea

    Quais os pensamentos que voc tem cultivado? O que tem ocupado sua mente? S preocupaes? preciso ousadia para viver pela f, para manter viva a chama da esperana, para adorar ao Deus de amor, e, portanto, amar e celebrar a liberdade que s Deus pode dar.

    O convite que fao a voc que permita que Deus fale ao seu corao, semeie em seu corao valores essenciais para a caminhada como cristos. Vigie seus pensamentos, saiba cuidar de sua vida, e alinhe seus pensamen-tos com a vontade de Deus. Vamos fazer dos nossos encontros um momen-to em que os valores de Deus movero nossas vidas!

    pArtE 1Esta a primeira parte de uma serie de trs roteiros. Nela, aprenderemos sobre a imporncia de cultivarmos a ousadia, a f, a esperana e a adorao como valores de vida. Incentive a participao de todos e ao final de cada encontro enfatize a importncia do cristo ter valores definidos e funda-mentados na Palavra de Deus!

    Autor: Reverendo Giovanni Campagnuci Alecrim de Arajo

  • 6 Igreja Presbiteriana Independente de Araraquara | ipiararaquara.org.br

    01 | OusadiaEfsios 3.1-13

    pArA comEo dE convErsA Que imagem fazemos quando afirmamos que uma pessoa ousada?

    introduoOusadia. Alguns diriam que atrevimento, outros, audcia. Ousadia mais, muito mais que isso. A ousadia a que Deus nos convida a cultivar mais que um refro de msica popular, um estilo de vida firmado no alicerce mais seguro que existe: o prprio Deus.

    dEsEnvolvimEntoOusadia no insensatez. Antes de mais nada, temos que compreender que ousadia no insensatez. Ns no somos convidados a uma vida desregrada onde tudo acaso. No, antes somos convidados a uma vida de total dependncia da graa de Deus, para que possamos experimen-tar liberdade para dizer o que deve ser dito e ousadia para ir aonde for preciso. Veja que Paulo no nos convida a sermos imprudentes, antes, afirma que se quisermos viver conforme a vontade de Deus teremos con-dies de enfrentar as situaes e dizer o que precisa ser dito e ir onde devemos ir.

    Ousadia no inconsequncia. To pouco ousadia inconsequncia. Inconsequncia pode ser entendida tambm como incoerncia. Aqui temos que tomar um grande cuidado. J vi muito cristo falar que a coe-rncia de Deus incoerncia para os homens, e citam at o verso oitavo A mim, o menor de todos os santos, me foi dada esta graa de pregar aos gentios o evangelho das insondveis riquezas de Cristo, para justifi-car que Deus usa os menores para fazer coisas grandes. De fato, ele usa, mas Deus no nos convida para uma vida de incoerncia, mas sim, uma vida firmada em sua graa e amor. Antes de tomar uma deciso em sua vida, ore e veja se esta a vontade de Deus. No se precipite, no seja incoerente com a f que voc cultiva em seu corao. Saiba ser sensvel voz de Deus. Medite na Bblia, procure compreender o que Deus quer de voc em cada situao.

  • F fora do templo | Valores Essenciais 7

    Ousadia coragem. Ousadia vem da coragem. S temos coragem se confiarmos. O que Paulo nos recomenda no confiar em ns mesmos, pois com esta confiana o que podemos fazer muito pouco. Ele nos recomenda confiana em Deus. Temos acesso a Deus, por Cristo, no temos, portanto, que temer o que Deus pensa sobre ns. Ele poderoso, misericordioso e no cruza os braos diante do clamor de seus filhos. Ele nos ouve, mesmo sendo filhos falhos, ele confia em ns. O que ele pede, que confiemos nele. Da teremos a coragem para olhar para o nevoeiro nossa frente e caminhar, certos de que Deus est conosco. Teremos a coragem de ver o calendrio marcando os primeiros dias de janeiro e en-carar um ano inteiro de sonhos e projetos pela frente. Ouse viver pela f!

    AplicAoQuais os valores de vida que voc tem cultivado em seu corao? Hoje, con-vidamos voc a semear ousadia. Ousadia saber viver o que se cr, de forma coerente e segura, firmado nas promessas de Deus. Para isto, no entanto, preciso conhecer a Deus e sua vontade. preciso ousadia para orar e ler a Bblia, para viver o que Deus deseja, sendo testemunhas vivas do amor de Deus.

    GrAvAndo no corAo Ousadia de verdade viver pela f. Como podemos colocar isto em prtica em nossas vidas?

    O que faz a nossa f se desenvolver?

  • 8 Igreja Presbiteriana Independente de Araraquara | ipiararaquara.org.br

    02 | FIsaas 43.1-7

    pArA comEo dE convErsA Andar com f eu vou, com f no costuma falhar. A f falha?

    introduoPequena palavra de grande significado. Quantas definies temos para f? O que f? Voc uma pessoa de f? As perguntas ecoam e temos um monte de respostas para elas, porm, diferentemente da opinio pblica, uma vida de f no uma vida de devoo, nem de frequentar cultos e mui-to menos de assumir uma religio. Uma vida de f pautada por incertezas originadas de duas certezas. sobre f que falaremos hoje. F. Pequena palavra de grande significado. Quantas definies temos para f? O que f? Voc uma pessoa de f? Diferentemente da opinio pblica, uma vida de f no uma vida de devoo, nem de frequentar cultos e muito menos de assumir uma religio.

    dEsEnvolvimEntoF: certeza de que somos de Deus. No temas, porque eu te remi; chamei--te pelo teu nome, tu s meu. O profeta diz ao povo que eles no precisam temer, no precisam se preocupar, eles pertencem a Deus. Por mais que a opresso em terras distantes e estranhas fossem grandes, que Israel fosse uma lembrana de antepassados e dos mais velhos, aquele povo tinha um nome e este nome tinha um significado. Israel, povo de El, povo de Deus! Poderia estar onde estivessem, na misria ou na fartura, com ou sem pers-pectivas, eles eram povo de Deus.

    F: certeza de que Deus est no controle. Quando estiverem atolados at o pescoo em problemas, estarei l com vocs. A Traduo Contempornea d a medida certa do que Isaas quer dizer ao povo que vivia distante de sua terra, sendo cultural e religiosamente massacrados e oprimidos: os proble-mas podem ser sufocantes, tenha f, Deus est no controle. Esta a certeza que devemos ter, no pertencemos a ns mesmos, e nosso Senhor e Deus tem o melhor reservado para seu povo.

  • F fora do templo | Valores Essenciais 9

    F: a certeza do incerto. Quando se fala de f algum sempre lembra Hebreus 11.1 Ora, a f a certeza de coisas que se esperam, a convico de fatos que se no veem. Muito antes do autor de Hebreus ter esta convico e, divinamente inspirado, escrever o que escreveu, o profeta Isaas j sabia que a f era a certeza e a convico dos fatos j determinados por Deus. No toa, Isaas afirma que Deus pagou um preo alto por vocs. Ele est dizendo ao povo que o preo pago por Deus pelo seu povo era a garantia de que as incertezas do presente no so capazes de abalar as certezas de Deus para ns.

    AplicAoA f precisa ser cultivada e alimentada diariamente por uma vida de orao, leitura da Bblia e comunho com as pessoas. As incertezas da vida podem nos levar ao medo, porm, se reconhecemos que pertencemos a Deus, no h o que temer. Sua vida anda repleta de problemas? Voc no v sada para as situaes que te sufocam? Olhe para Deus, reconhea-o como Senhor de sua vida. Tenha a certeza que toda incerteza que temos hoje, est nas mos de Deus e viva na paz que s Jesus pode nos dar e ensinar a ter. Ser cristo aprender com Jesus que Deus est no controle de tudo.

    GrAvAndo no corAo Por que Deus no elimina os problemas de nossas vidas? Como Isaas 43.1-7 pode nos ajudar a enfrentar as dificuldades? Voc consegue se lembrar, de algum momento de sua vida, em que Deus esteve ao seu lado, mesmo voc no percebendo no momento?

  • 10 Igreja Presbiteriana Independente de Araraquara | ipiararaquara.org.br

    03 | EsperanaJoo 2.1-11

    pArA comEo dE convErsA Qual a situao mais engraada voc j presenciou num casamen